epifânia.

Sinopse: Uma velha se materializa como que surgindo do nada batendo seu cajado de negramina no chão da cidade, ela é a xamã, aquela que enxerga no escuro. Traz consigo ervas, óleos, frasco com água dos rios, espelho e tantos outros objetos para usar como proteção, fonte de boa fortuna e cura não somente para si, mas também àqueles que vêm até ela e àqueles que ela procura. A boneca-híbrida Epifânia é o arquétipo da velha mulher sábia na vida da atriz-manipuladora que se revela e conta suas mazelas com clareza e percepção na intenção do autoconhecimento, que é sempre uma obra em andamento, não importando se é velha ou jovem. Busca o conhecimento da alma para que as criaturas que estejam disfarçadas, e se sintam presas ou erradas busquem forças para atingir seu estado mais puro de aspiração, assim como as duas personagens que se relacionam entre si e com os transeuntes.

Duração: 30 a 40 minutos.

Currículo da Obra:

- Semana Sesc de Formas Animadas, Cuiabá (MT), novembro 2016.

- A arte é nossa casa, Cuiabá (MT), novembro 2016.

- Sarau Máscara Encena no Vale Arvoredo, Morro Reuter (RS), janeiro 2018.

- Festival Velha Joana, Primavera do Leste (MT), novembro 2018.

- Prêmio de destaque para atriz e figurino no Festival Velha Joana 2018.

 

Ficha Técnica: 

Direção e performance: Millena Machado.

Confecção: Millena Machado.